//codigo adicionado a pedido de Popcorn metrics

24 de novembro de 2013

Bolo "Sunbeam"


Esta semana encontrei na internet vários livros de culinária e, particularmente, de pastelaria, escritos entre finais do século XIX e inícios do século XX, digitalizados na integra. Tenho muito para explorar nos próximos tempos, mas para já deixo-vos esta receita escrita em 1912. Nestes dias de intenso frio e pouco sol acho que é este o bolo ideal.



Ingredientes:
Bolo
1 chávena de farinha com fermento
1/2 chávena de amido de milho
1/4 colher de chá de sal
1 chávena de açúcar
1 colher de sopa cheia de manteiga
1 ovo inteiro
1 gema de ovo
1/2 chávena de leite

Recheio
3 gemas de ovo
3 colheres de sopa de amido de milho
1 colher de sopa de manteiga
1 chávena de açúcar
1 chávena de água
1 laranja (sumo)

Preparação:
1. Aquecer o forno a 180.ºC e forre uma forma redonda de 18 cm sem buraco com papel vegetal untado.
2. Numa tigela, misturar a farinha, o amido e o sal e peneirar tudo.
3. Numa tigela, juntar o açúcar, a manteiga amolecida, o ovo e a gema e bater tudo até obter uma massa homogénea e suave.
4. Adicionar metade da mistura de farinha à massa e envolver.
5. Adicionar o leite e a restante farinha e envolver até obter uma massa homogénea.
6. Colocar a massa na forma e levar ao forno cerca de 50 minutos.

1. Num tacho juntar todos os ingredientes do recheio e misturar bem.
2. Levar o tacho a lume brando, mexendo sempre até obter um creme espesso.
3. Retirar do lume e reservar.


21 de novembro de 2013

Bolo de abóbora



Em Portugal parecem haver produtos interditos na preparação de bolos. Enquanto é frequente a utilização de cenoura ou maçã nos bolos, pesquisem bolos com abóbora, courgete, beterraba ou batata doce. Não vão encontrar muitos bolos. E, no entanto, a adição destes ingredientes confere muita humidade ao bolo e são óptimos substitutos do açúcar. Este bolo tem ainda outra vantagem: é muito fácil de preparar se tiverem todos os ingredientes à mão, nomeadamente a abóbora já cozida e escorrida.

Ingredientes:
375 gr. de farinha
1 colher de chá de fermento
1 colher de chá de sal
3 colheres de chá de canela
200 gr. de açúcar
500 gr. de abóbora cozinha e triturada
4 ovos inteiros
1 colher de sopa de mel

Preparação:
1. Aquecer o forno a 150.ºC. Forrar uma forma de bolo inglês com papel vegetal e untar.
2. Misturar numa tigela todos os ingredientes secos.
3. Noutra tigela, misturar a abóbora, os ovos e o mel e mexer bem.
4. Adicionar a mistura de secos ao preparado de abóbora e mexer bem até obter uma massa homogénea.
5. Levar ao forno cerca de 50 minutos.

Sugestão de preparação da abóbora: lavar bem um ou vários pedaços de abóbora com casca, mas sem sementes, e levar a forno bem quente num tabuleiro até a polpa se apresentar macia e ligeiramente tostada. Retirar do forno, deixar arrefecer e separar a polpa da casca.

1 de novembro de 2013

Broas dos santos



O Dia de Todos-os-Santos, independentemente da crença religiosa, pede broas, frutos secos e o aroma de especiarias. Entre todas as broas que é costume fazer pelo país por esta altura, as deste tipo são as minhas preferidas. Elas são tradicionais da zona da lezíria do Tejo e são incrivelmente fáceis de fazer. As broas são feitas com uma massa sem ovos e cozida num tacho, servindo o forno apenas paras as dourar ligeiramente.



Ingredientes:
350 gr. de açúcar amarelo
250 ml. de café forte
250 ml. de água
5 gr. de erva doce em pó
5 gr. de canela
1 colher (chá) de sal
125 gr. de nozes moídas
250 ml. de azeite
2 colheres de sopa de mel
500 gr. de farinha

Preparação:
1. Colocam-se num tacho todos os ingredientes, menos a farinha, e levam-se a lume forte até ferver.
2. Retira-se o tacho do lume e adiciona-se a farinha, mexendo sempre.
3. Leva-se a massa novamente ao lume (médio), misturando tudo muito bem, até enxugar um pouco a massa.
4. Retira-se do lume e deixa-se arrefecer.
5. Tendem-se as broas com o formato desejado e levam-se ao forno (200.ºC), num tabuleiro forrado com papel vegetal, a secar durante cerca de 10 minutos. 
6. Retiram-se as broas do forno e passam-se de imediato por açúcar, ficando depois a arrefecer sobre uma rede.

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.