//codigo adicionado a pedido de Popcorn metrics

24 de setembro de 2012

Lojas de fábrica

Eu não acho que cozinhar, seja doces ou salgados, seja apenas a concretização da receita, que esperamos sempre corra bem. Embora o sabor seja a questão fundamental, a apresentação daquilo que demorou cinco minutos ou uma manhã inteira é igualmente importante. Se a apresentação for cuidada, certamente que, quem come, o faz mais predisposto a apreciar o nosso esforço.
E é por esse motivo que lá em casa adoramos lojas de fábrica de empresas de loiças e faianças. Quem já visitou alguma sabe que, regra geral, a dificuldade reside na escolha perante a vasta oferta disponível a preços convidativos. E estes preços são tanto melhores, quanto tenhamos a sorte de encontrar produtos de segunda escolha. Estes produtos, tão bons como os outros, apresentam pequenos defeitos, às vezes quase imperceptíveis.
Estas são algumas daquelas que mais gostamos:


Vista Alegre
Ílhavo - Portugal
http://www.vistaalegreatlantis.com/contents.aspx/15/Lojas/





Grestel Factory
Mercado Manuel Firmino, Loja 2; Aveiro - Portugal
http://www.grestel.pt/

  



SPAL
Ponte da Torre; Valado dos Frades - Portugal
http://www.spal.pt



Bordallo Pinheiro
Rua Rafael Bordallo Pinheiro, 53; Caldas da Rainha - Portugal
http://www.fabordalopinheiro.pt/



Conhecem outras lojas de fábrica do género? Partilhem nos comentários a este post.

20 de setembro de 2012

Bolo de coco

Gosto particularmente de alguns sabores na doçaria. Gosto de doces a saber a canela, a caramelo, a amêndoa, a baunilha... a coco. E durante as férias, na segunda vez que fui para a cozinha, fiz este bolo de coco. Receita simples e rápida, acompanhou o pequeno-almoço de sábado passado no solar beirão.


Ingredientes:

5 ovos
2,5 chávenas de açúcar
1 chávena  de óleo
1 chávena de leite
3 chávenas de farinha
100 gr. de coco
1 colher de chá de fermento

Cobertura
100 gr. de coco
50 gr. de açúcar
75 gr. de manteiga

Preparação:

1. Bater as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado leve e fofo.
2. Adicionar o óleo e misturar bem.
3. Adicionar o leite e continuar a bater.
4. Bater as claras em castelo firme.
5. Adicionar parte da farinha à mistura de gemas e envolver.
6. Misturar um pouco das claras batidas.
7. Adicionar a restante farinha e o coco e envolver bem, sem bater demasiado a massa.
8. Juntar as restantes claras e envolver delicadamente na massa.
9. Numa tigela juntar o coco, o açúcar e a manteiga à temperatura ambiente, e misturar até obter migalhas grossas.
10. Já com a massa dentro da forma em que irá ao forno, espalhar as migalhas de manteiga e coco.
11. Levar a cozer em forno quente (180.º C).

Tigelada beirã

Férias são férias. Por isso, nas últimas duas semanas só me aproximei da cozinha uma ou duas vezes, e sempre em espaços alheios. Num desses dias em que me decidi aventurar na cozinha, investi decidido a tentar uma receita nova (para mim) e tradicional (na Beira) - a tigelada. Numa curta visita à Internet, as versões desta receita multiplicam-se. Optei por fazer uma síntese de tudo o que encontrei. A possibilidade de utilizar barro negro de Molelos e um forno a lenha foram incentivos adicionais para a esta aventura. Quem provou, pediu a receita e disse que ia repetir.




Ingredientes:

1 litro de leite gordo
10 ovos completos
300 gr. de açúcar branco
2 colheres de sopa de farinha
2 limões (raspa)
3 colheres de chá de canela

Preparação:

1. Juntar os ovos com o açúcar e bater bem.
2. Adicionar a canela e a raspa de limão e continuar a mexer.
3. Dissolver a farinha num pouco de leite e misturar no preparado anterior.
4. Juntar o leite e incorporar bem.
5. Levar a cozer em forno forte até se encontrar cozido. Para verificar, espetar um palito e verificar se o mesmo sai limpo.